O que é uma moeda digital?

Em Educação financeira por André M. Coelho

Moedas digitais começaram a se popularizar principalmente com o Bitcoin e a Ethereum. mas o que significam essas moedas digitais? Como elas funcionam?

Buscaremos explicar moedas digitais para você entender e começar a trabalhar junto desse mercado em ampla expansão.

O que é moeda digital?

A moeda digital é uma forma de moeda que está disponível apenas em forma digital ou eletrônica, e não em forma física. Também é chamada de dinheiro digital, dinheiro eletrônico, moeda eletrônica ou dinheiro cibernético.

As moedas digitais são moedas que são acessíveis apenas com computadores ou telefones celulares, como só existem em forma eletrônica.

Como as moedas digitais não requerem intermediário, muitas vezes são o método mais barato para negociar moedas.

Todas as criptomoedas são moedas digitais, mas nem todas as moedas digitais são criptomoedas.

As moedas digitais são estáveis ​​e são negociadas com os mercados, enquanto as criptomoedas são negociadas através de sentimentos de consumo e gatilhos psicológicos no movimento de preços.

Moedas digitais na prática

As moedas digitais estão surgindo em peso para revolucionar o mercado financeiro. (Imagem: Economic Times)

Emissão de dinheiro e aas moedas digitais

As moedas digitais são intangíveis e só podem ser de propriedade e transacionadas usando computadores ou carteiras eletrônicas conectadas à Internet ou às redes designadas. Em contraste, moedas físicas, como notas e moedas de cenário, são tangíveis e transações só são possíveis por seus titulares que têm sua propriedade física.

Como qualquer moeda Fiat (moeda reconhecida por governos), as moedas digitais podem ser usadas para comprar mercadorias, bem como pagar pelos serviços, embora também possam encontrar uso restrito entre certas comunidades on-line, como sites de jogos, portais de jogos ou redes sociais.

As moedas digitais têm todas as propriedades intrínsecas, como moeda física, e permitem transações instantâneas que podem ser executadas perfeitamente para efetuar pagamentos entre as fronteiras quando conectados a dispositivos e redes suportados.

Por exemplo, é possível que um brasileiros faça pagamentos em moeda digital a uma contraparte distante, residindo no Japão, desde que ambos sejam conectados à mesma rede necessária para transação na moeda digital.

Moedas digitais oferecem inúmeras vantagens. Como os pagamentos em moedas digitais são feitos diretamente entre as partes transacionárias sem a necessidade de quaisquer intermediários, as transações são geralmente instantâneas e de baixo custo. Isso é melhor em comparação com os métodos de pagamento tradicionais que envolvem bancos ou câmaras de limpeza. As transações eletrônicas baseadas em moeda digital também trazem a manutenção e a transparência necessárias em relações.

Diferença entre moedas digitais, virtuais e criptografia

Como elas existem em muitas variantes, as moedas digitais podem ser consideradas um superconjunto de moedas virtuais e criptomoedas.

Se emitida por um Banco Central de um país de forma regulada, é chamada de “Moeda Digital do Banco Central” (MDBC). Enquanto a MDBC existe apenas na forma conceitual, a Inglaterra, a Suécia e o Uruguai são algumas das nações que consideraram planos para lançar uma versão digital de suas moedas de Fiat nativas. O Brasil também está considerando lançar uma moeda digital através do Banco Central.

Junto com o MDBC regulamentado, uma moeda digital também pode existir de forma não regulamentada. Neste último caso, ele se qualifica para ser chamado de moeda virtual e pode estar sob o controle do (s) desenvolvedor (es) moeda, a organização fundadora ou o protocolo de rede definido, em vez de ser controlado por um regulador centralizado. Exemplos de tais moedas virtuais incluem sistemas monetários de criptomoedas e cupom ou recompensas.

Como as criptomoedas não são regulamentadas, elas também são consideradas moedas virtuais. Uma criptomoeda é outra forma de moeda digital que usa a criptografia para proteger e verificar as transações e gerenciar e controlar a criação de novas unidades de moeda. Bitcoin e Ethereum são as criptomoedas mais populares.

Essencialmente, ambas as moedas virtuais e criptomoedas são consideradas formas de moedas digitais.

Resumo das moedas digitais, moedas virtuais, e criptomoedas

Um resumo rápido para entender as moedas digitais, virtuais, e criptomoedas:

Moedas digitais: moeda regulada ou não regulamentada que está disponível apenas em uma forma digital ou eletrônica.

Moedas virtuais: uma moeda digital não regulamentada controlada por seu(s) desenvolvedor(es), a organização fundadora ou o protocolo de rede definido.

Criptomoedas: uma moeda virtual que usa a criptografia para proteger e verificar as transações, bem como gerenciar e controlar a criação de novas unidades de moeda.

Ficou alguma dúvida? Deixem nos comentários suas perguntas e iremos responder!

Sobre o autor

Autor André M. Coelho

Crédito ou débito? Esta é uma pergunta quase sempre feita ao se pagar com cartão mas é uma questão também comum na vida de muitos brasileiros. Com mais de 300 horas em cursos de finanças, empreendedorismo, entre outros, André formou-se em pedagogia e se especializou em educação financeira. Dá também consultorias financeiras e empresariais quando seus clientes precisam de ajuda e compartilha conhecimentos aqui neste site.

Aviso legal

O conteúdo apresentado no site é apenas informativo com o objetivo de ensinar sobre o funcionamento do mundo financeiro e apresentar ao leitor informações que o ensine a pensar sobre dinheiro. O site Crédito ou Débito não faz recomendações de investimentos e em nenhuma hipótese pode ser responsabilizado por qualquer tipo de resultado financeiro devido a práticas realizadas por seus leitores.

Deixe um comentário