A bolsa de valores está em todas as notícias. Cada vez mais pessoas estão conhecendo também os benefícios de investir na bolsa e as vantagens de ter esse tipo de investimento em uma carteira de investimentos diversificada. Só que muitas pessoas ainda não entendem o funcionamento da bolsa de valores. Vamos explicar em detalhes para você entender.

O que é bolsa de valores?

Uma bolsa é um mercado no qual títulos, ações, commodities, derivativos e outros instrumentos financeiros são negociados. A função principal de uma bolsa de valores é garantir negociações justas e ordenadas e a disseminação eficiente de informações sobre preços para quaisquer valores mobiliários negociados nessa bolsa. As bolsas dão às empresas, governos e outros grupos uma plataforma para vender títulos e ações ao público investidor.

Uma bolsa pode ser um local físico onde os comerciantes se encontram para realizar negócios ou uma plataforma eletrônica. As bolsas estão localizadas na maioria dos países do mundo. As bolsas mais proeminentes incluem a Bolsa de Nova York (NYSE), a Nasdaq, a Bolsa de Valores de Londres (LSE) e a Bolsa de Valores de Tóquio (TSE). No Brasil, temos a Bolsa de Valores de São Paulo (BM&F BOVESPA).

Bolsa de valores online

A negociação é cada vez mais conduzida em trocas eletrônicas à medida que os mercados se tornam mais sofisticados; As próprias bolsas podem garantir negociações justas sem exigir que todos os membros estejam em um pregão centralizado. O piso da Bolsa de Valores de Nova Iorque, por exemplo, processa menos de 15% do volume total de ações negociadas nos Estados Unidos. As transações agora estão espalhadas por várias corretoras e mecanismos online. Isso resultou em um aumento substancial nos programas de negociação de alta frequência e no uso de algoritmos complexos por negociadores nas bolsas de valores.

Bolsa de valores

Entenda a Bolsa de Valores e veja como ela pode contribuir para aumentar suas riquezas. (Foto: MarketWatch)

Requisitos para entrar na bolsa de valores

Cada bolsa tem alguns requisitos de listagem para qualquer empresa ou grupo que deseje oferecer títulos para negociação. Algumas bolsas são mais rígidas do que outras, mas os requisitos básicos para as bolsas de valores incluem relatórios financeiros regulares, relatórios de ganhos auditados e requisitos mínimos de capital. Por exemplo, no Brasil é exigido pela CVM (Comissão de Valores Mobiliários )que a empresa opere como uma Sociedade Anônima (SA) e que esteja cadastrada na CVM, além da BM&F BOVESPA.

Benefícios da bolsa de valores

Uma bolsa de valores é usada para levantar capital para empresas que buscam crescer e expandir suas operações. A primeira venda de ações de uma empresa privada ao público é referida como uma oferta pública inicial (IPO). Muitas empresas que pretendem crescer oferecem ações na Bolsa de Valores, ajudando a empresa a expandir seus negócios. As empresas listadas na bolsa de valores geralmente tem um perfil aprimorado. Ter mais visibilidade pode atrair novos clientes, funcionários talentosos e fornecedores que estão ansiosos para realizar negócios com um líder proeminente do setor.

Bolsas de Valores dão mais controle

As empresas privadas geralmente dependem de capitalistas de risco para investimentos, e isso geralmente resulta na perda do controle operacional. Por exemplo, uma empresa de financiamento de sementes pode exigir que um representante da empresa de financiamento ocupe uma posição de destaque no conselho. Alternativamente, as empresas listadas em uma bolsa de valores tem mais controle e autonomia, porque os investidores que compram ações tem direitos limitados.

O que vocês conhecem sobre as Bolsas de Valores? Quais outras informações sabem?

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)