A maioria de nós é apresentada aos cartões de crédito muito antes de usá-los. Mas, ver alguém usar um cartão de crédito é enganador. Parece mágica quando alguém usa uma cartão de crédito sai com sua compra sem nunca pagar em dinheiro. A tecnologia que faz com que os cartões de crédito funcionem é impressionante, mas os cartões não são mágicos – você ainda tem que pagar pelo que compra, você só paga depois. Enquanto você usa, seu limite vai sendo reduzido e só é liberado depois dos pagamentos. Mas quando esse limite é liberado? Quais os prazos após o pagamento para a liberação? Para saber isso, vamos entender um pouco do funcionamento dos cartões antes.

O que é um cartão de crédito?

Um cartão de crédito é um cartão de plástico que permite acessar o limite de crédito que o emissor do seu cartão de crédito lhe dá. Um limite de crédito é como um empréstimo. No entanto, em vez de lhe dar o empréstimo integral em dinheiro, o banco permite que você tire uma boa parte do crédito que quiser de cada vez e permite que você reutilize o empréstimo repetidas vezes, desde que pague o que pediu emprestado. É através desse limite que você pode parcelar suas compras, já que o banco faz a análise de risco para o comerciante garantindo mais chances de que todas as parcelas serão devidamente pagas.

Como funciona o cartão de crédito?

Muito acontece nos bastidores de uma transação com cartão de crédito. Aqui está uma versão simplificada.

Quando você passa seu cartão de crédito para fazer uma compra, o terminal do cartão de crédito do comerciante pergunta ao emissor do cartão de crédito se o cartão é válido e se você tem crédito suficiente disponível. O emissor do seu cartão de crédito envia de volta uma mensagem informando que a transação foi aprovada ou recusada. Se for aprovado, você pode levar seus produtos e serviços em seu caminho.

Cada vez que você faz uma compra, seu crédito disponível diminui no mesmo valor. Se você tiver um limite de crédito de R$100 e fizer uma compra de R$25, terá direito a R$75 de crédito disponível e deverá ao banco R$25 na sua próxima fatura. Se você emprestar outros R$50 antes de pagar de volta os R$25 que você emprestou, você deve ao banco um total de R$75 e ter R$25 de crédito disponível restante.

O que faz um cartão de crédito diferente de um empréstimo regular é que seu limite de crédito está disponível novamente quando você paga o saldo. No exemplo anterior, quando você devolver os R$75 devidos, você terá R$100 de crédito disponível novamente. Mas se você pagar apenas R$25 dos R$75, você só terá R$50 de crédito disponível. Uma compra no valor de R$75 parcelada em 3x irá cobrar de você R$25 por mês, durante 3 meses. No primeiro mês antes de pagar a primeira parcela, você terá apenas R$25 de limite liberado. Após pagar os R$25 da primeira parcela, terá R$50 de limite liberado e assim por diante, mediante o pagamento das parcelas.

Você pode gastar e pagar o quanto quiser, desde que cumpra os termos dos emissores de cartão de crédito, por exemplo, faça seus pagamentos em dia e não compre mais do que seu limite de crédito. E evite ao máximo parcelar o cartão para evitar se endividar e pagar muitos juros.

Limite do cartão

Ao pagar sua fatura, o cartão terá o limite liberado em poucos dias após a confirmação do pagamento. (Foto: HarmonySite)

Os custos de usar o seu limite do cartão de crédito

O emissor do cartão de crédito dá-lhe um determinado período de tempo para reembolsar tudo o que você pediu emprestado antes de cobrar juros. Esse período de tempo é chamado de período de carência e geralmente de até 40 dias. Se você não pagar seu saldo total antes do final do período de carência, uma taxa chamada encargo financeiro será adicionada ao seu saldo. O encargo financeiro é baseado em sua taxa de juros e seu saldo.

Cartões de crédito tem uma taxa de juros, que é a taxa anual que você paga para pedir dinheiro emprestado em seu cartão de crédito. As taxas de juros são geralmente baseadas nas taxas de juros do mercado, no seu histórico de crédito e no tipo de cartão de crédito que você possui. Se você tem um bom histórico de pagamento de suas faturas de cartão de crédito, normalmente se qualifica para taxas de juros mais baixas do que outros usuários de cartão de crédito.

Você tem que pagar seu saldo integral antes do final do período de carência, se você quiser evitar o pagamento de juros. No entanto, o emissor do cartão de crédito geralmente não exige que você pague tudo o que deve imediatamente, mas você deve pagar pelo menos o pagamento mínimo definido na data de vencimento para evitar uma multa por atraso. Pagar apenas o mínimo é a maneira mais lenta e mais cara de pagar seu saldo no cartão de crédito.

Quantos dias libera o cartão depois de pago?

A cada mês, o emissor do cartão de crédito enviará a você uma fatura que inclui seu pagamento mínimo, a data de vencimento e uma lista das transações que foram postadas na sua conta desde o último extrato de faturamento. É uma boa ideia analisar essas transações para garantir que sejam todas as transações realizadas. Você também quer garantir que seu último pagamento foi aplicado corretamente à sua conta. Se alguma taxa tiver sido adicionada ao seu saldo, verifique se ela é legítima.

Após pagar a fatura do cartão, demora até 3 dias úteis para a liberação do limite. Geralmente já é liberado após 24 horas, mas pode demorar um pouco mais. Se a fatura for paga na própria instituição que emitiu o cartão, a liberação pode ser muito mais rápida. Quando demorar mais do que o prazo, é bom entrar em contato com a Central de Atendimento do seu cartão para verificar se houve algum problema.

Ficou alguma dúvida? Deixem nos comentários suas perguntas. Estamos aqui para ajudar!

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)