É importante entender como funciona seu cartão de crédito para evitar o pagamento desnecessário de juros e multas por atraso. Os cartões de crédito são uma forma conveniente de fazer compras, por isso não é de admirar que uma grande parte dos brasileiros já tenham um cartão de crédito.

Para evitar os juros da fatura atrasada, reunimos algumas informações que podem te ajudar a lidar com suas faturas.

Conheça o período para evitar os juros do cartão de crédito

Com a maioria dos cartões de crédito, o dia em que seu cartão de crédito “fecha” é diferente da data de vencimento do cartão. Por exemplo, se seu cartão de crédito fecha no dia 10 de novembro, o dia 10 de cada mês será a data de fechamento do cartão de crédito. Feriados e finais de semana podem mudar essa data. A partir dessa data, as compras realizadas cairão no saldo do mês seguinte. Mas a fatura atual você tem, geralmente, até dez dias após a data de fechamento para pagar. Essa data é a data de vencimento do cartão, ou seja, a data em que você deve realizar o pagamento para não receber multas ou juros.

Por que isso é importante? Você costuma adquirir um cartão com a premissa de até 40 dias para pagar suas compras. Isso acontece contabilizando compras a partir da data de fechamento da fatura, não da data de vencimento da fatura.

Além disso, é importante estar ligado da data de vencimento da fatura. Uma boa ideia é configurar o débito automático da fatura para que você pague todo o saldo devido na data real de vencimento do extrato. Desta forma, você pode evitar multas por atraso e pagamentos de juros. Além disso, se você deixar até a data de vencimento para pagar seu cartão de crédito, você pode manter seu próprio dinheiro em qualquer conta de poupança ou de investimento de renda fixa para o máximo de tempo para que você possa ganhar com investimentos ou otimizar suas economias. Uma dica: aplicativos de cartões de crédito sempre informam as datas de fechamento dos cartões.

Juros do cartão

Evite pagar os juros da fatura com um melhor planejamento financeiro. (Foto: Elite Business Magazine)

Evite os juros rotativo do cartão de crédito sabendo quando comprar

Conforme explicado acima, o período de sua fatura é de um mês para o próximo mês na mesma “data” de cada mês, mas nem sempre é o mesmo período de tempo. Por exemplo, o número de dias entre 17 de fevereiro e 17 de março (em um ano normal, não um ano bissexto) é de 27 dias, enquanto o número de dias entre 17 de março e 17 de abril é de 30 dias. Isso significa que, para o período da fatura do cartão de crédito entre fevereiro e março, você terá um prazo menor para comprar e pagar.

Então, quando você ver a mensagem no seu app de cartão ou no internet banking dizendo que a melhor data para para comprar é dia X ou Y, tenha em mente que essa é a data que vai te dar um maior prazo até o próximo fechamento de fatura. Porém, se você não tiver o dinheiro pra pagar no dia do vencimento, irá pagar juros de qualquer maneira.

Parcelamento com ou sem juros no cartão de crédito pode dar problemas

Se você está comprando algo que tem um preço à vista mais barato, você já está comprando algo com juros. E quando você começa a parcelar várias compras no cartão de crédito, pode acabar com um valor maior do que pode pagar.

Suponha assim: você tem um parcelamento de compra que dá um total de R$20 por mês. Agora, imagine que você faz mais um parcelamento de R$30. Já são R$50 de parcelamento por mês. Mais um parcelamento de R$50 e você já tem R$100 da fatura que tem que pagar todos os meses até acabarem os financiamentos. Continue gastando no cartão, e esses valores vão só aumentando.

Mas o que isso tem a ver com evitar os juros da fatura atrasada? É bem simples, na verdade. Se você continuar parcelando demais sem ter um controle, você vai acabar com contas de cartão cada vez mais altas. Esses R$100 podem virar R$200, e você vai acabar tendo que parcelar a fatura ou pegar um empréstimo para quitar suas dívidas. Se controle e limite seus gastos no cartão para evitar problemas.

Você precisa pagar o valor total devido na data de vencimento para evitar o pagamento de juros

Com algumas contas domésticas, se você perder um pagamento, poderá pagá-lo alguns dias depois sem problemas e com pouquíssimos juros. Sua próxima fatura pode incluir uma taxa ou multa, mas esse é um dano pequeno, geralmente.

No entanto, com cartões de crédito, você precisa pagar o valor total devido a cada mês para evitar o pagamento de juros. Assim que você perder a sua “data de vencimento”, você não só será cobrado por uma taxa atrasada, mas você começará a ser cobrado juros. Seu “período sem juros” não é mais válido. Algumas pessoas pensam que podem simplesmente pagar o montante total devido, mais a multa de atraso, antes da próxima data de vencimento. Mas os cartões de crédito não funcionam assim, se você não pagar na data de vencimento, agora terá juros rotativos para pagar, pois muitas faturas automaticamente são colocadas no rotativo após o vencimento. Tome cuidado.

Tenha cuidado se você configurar pagamentos no débito automático

Você pode ser pego se você configurar o débito automático para sua fatura se não tiver saldo na sua conta. Na “melhor” das hipóteses, a conta vai cair no seu cheque especial, e os juros podem ser altos. Então, se for configurar o débito automático para evitar os juros da fatura atrasada, configure para uma data em que você com certeza terá dinheiro no banco, como a data depois do seu pagamento. Assim, você evitar os juros da fatura atrasada provocados pelo uso do seu cheque especial.

Ficou alguma dúvida? Deixem nos comentários suas estratégias e sugestões para evitar os juros da fatura atrasada.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)