Um dos melhores exemplos de como o setor de pagamentos favorece o portador do cartão sobre o comerciante é com o estorno dos pagamentos. Depois, há três maneiras de reverter uma transação e apenas uma maneira de evitá-las. As transações podem ser revertidas por estorno de autorização, por reembolso ou por chargeback Enquanto isso, os comerciantes só podem esperar contrabalançar uma reversão através do representante. Vamos dar uma olhada em cada uma das três maneiras pelas quais uma transação pode ser revertida.

O que é estornar?

Antes de mais nada, precisamos saber o que é o estorno. Estornar é quando o dinheiro de uma transação é retornado ao seu dono de origem. Isso significa que os recursos pagos por um bem ou serviço, ou até taxas cobradas no cartão ou em um outro tipo de pagamento, são retornadas a quem fez o pagamento.

Esse procedimento pode acontecer por diversos motivos: fraude, cobrança incorreta, uma disputa, correção de valores, e muito mais. Abaixo, descreveremos os principais tipos de estorno que existem.

Significado de estorno por autorização

Quando uma transação é enviada, ela precisa ser pré-autorizada. Caso contrário, estaríamos todos esperando por dias para concluir as transações básicas. Enquanto isso, o banco emissor colocará uma autorização nos fundos necessários para concluir uma transação pré-aprovada. As transações de débito duram de 1 a 4 dias, enquanto os cartões de crédito são válidos por até 30 dias. Nesse período, se um comerciante detectar um erro, ele poderá fazer um estorno de autorização. Isso é iniciado através do adquirente de estabelecimentos comerciais se o adquirente suportar tal reversão. Essa é a melhor maneira de reverter uma transação, pois ela não incorre em taxas de qualquer tipo e não afeta os índices de processamento do comerciante.

Definição de estorno

O estorno é o processo de devolução do dinheiro em uma situação onde esse retorno possa ser cabível. (Foto: Credit Union Times)

Significado de estorno por reembolso

Os reembolsos são a próxima opção, uma vez que a transação tenha sido liquidada e o dinheiro realmente mudar de mãos. Um reembolso é basicamente uma segunda transação gerada para desfazer a primeira. O comerciante terá que pagar as taxas de transação cobradas na transação inicial. No entanto, os reembolsos impedem que os litígios dos titulares de cartão se tornem estornos e afetem as taxas de processamento do comerciante.

Estorno normal ou chargeback

A reversão do último recurso é o chargeback ou estorno normal. A transação foi processada, e o emissor deve reverter as cobranças para obter os fundos da transação inicial. Todo mundo odeia o chargeback, exceto o dono do cartão, porque obtém o que deseja da mesma forma que com qualquer outra reversão. Mas para o resto de nós, um chargeback significa trabalho extra e taxas agregadas. E, como você deve saber, os chargebacks podem colocar em risco sua capacidade de processar transações com determinados emissores e associações de cartões.

Reversão x Reembolso

Uma reversão de pagamento é um pagamento que foi pago à empresa administradora por um sistema de processamento de pagamentos (inclusive online) e depois revertido devido a um reembolso ou retorno. O motivo de um retorno será especificado pelo código de retorno. Isso pode acontecer quando um indivíduo insere um número de conta incorreto, tem fundos insuficientes ou usa uma conta que não permite atividades online. Um reembolso de pagamento significa que o pagamento foi devolvido ao indivíduo a pedido da empresa gestora.

Ficou alguma dúvida? Deixem suas perguntas nos comentários e iremos responder!

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)