Falar sobre dinheiro e gerenciar finanças pode levar ao estresse até no melhor relacionamento. Talvez você e seu parceiro estejam pensando em abrir uma conta bancária conjunta, mas se preocupe, isso pode ficar muito complicado. Ou você pode estar inclinado a contas separadas, mas se preocupe com a dificuldade de gerenciar suas despesas conjuntas.

Compreender o que é uma conta bancária conjunta e como ela funciona pode ajudá-lo a tomar uma decisão mais inteligente sobre suas finanças e relacionamento, principalmente quando for a hora de tirar um dos titulares da conta.

O que é uma conta conjunta?

Uma conta conjunta funciona como uma conta bancária padrão, exceto que duas ou mais pessoas são donas da conta. Você pode usar uma conta conjunta para reunir seu dinheiro. Isso é útil tanto para economizar – você pode economizar em direção a objetivos compartilhados, como uma nova casa ou férias – quanto para gastar. Com uma conta conjunta, você e seu parceiro podem pagar despesas domésticas compartilhadas, como hipotecas, pagamentos de carros, serviços públicos e compras, no mesmo local.

Retirar dinheiro, emitir cheques e efetuar pagamentos online de uma conta também permite que você veja como o dinheiro está sendo gasto. Isso pode ajudá-lo a planejar juntos como um casal. Com a atividade da conta visível para vocês dois, pode haver menos tentação de usar itens discricionários ou fazer compras em segredo.

A abertura de uma conta conjunta também pode ajudá-lo a aproveitar os recursos que podem não estar disponíveis para você como titular de uma conta individual. Isso porque reunir seu dinheiro pode ajudá-lo a atender aos requisitos mínimos de saldo que o qualificam para recursos como taxas de manutenção isentas, taxa de juros mais alta ou recompensas.

Se você decidir seguir nessa direção, abrir uma conta conjunta é um processo semelhante ao abrir uma conta individual. Você e seu parceiro precisarão fornecer informações e identificação. Você também pode adicionar um parceiro à conta existente de outro. Como co-proprietários, vocês dois poderão acessar e sacar fundos sem a permissão do outro, e cada um poderá conversar com o banco sobre a conta sem o consentimento do outro.

Depois de configurar sua conta, você pode decidir como gerenciá-la e monitorá-la, incluindo se deseja se inscrever no banco online, qual de vocês (ou ambos) receberá alertas da conta e se terá compartilhado ou individualmente online perfis bancários.

Titular conta conjunta

A conta conjunta pode ter alguns problemas, e retirar o nome de um titular pode ser necessário em alguns casos. (Foto: Global News)

Antes de abrir uma conta conjunta, é bom considerar algumas coisas

Alguns casais se sentem mais confortáveis ​​em manter suas contas individuais. Manter suas contas separadas, pois são, concede a cada pessoa a liberdade de controlar o dinheiro que ganha. Isso é útil se os parceiros tiverem hábitos de consumo diferentes; ser capaz de gerenciar dinheiro da maneira que você oferece dá a cada pessoa um sentimento mais forte de propriedade financeira.

Contas separadas também podem ser úteis se você e seu parceiro estiverem em lugares diferentes financeiramente. Por exemplo, se um parceiro está endividado ou mal administrou dinheiro no passado, um certo grau de separação pode fornecer uma sensação de segurança para a outra pessoa – pelo menos até que a dívida seja quitada. (Terceiros podem receber fundos de uma conta conjunta para cobrir dívidas de um dos indivíduos.)

O desafio com contas separadas é como gerenciar despesas compartilhadas. Determinar quem paga pelo que pode ser um ponto de estresse para os casais. Se você decidir manter contas separadas, você e seu parceiro devem ter clareza sobre esse problema e garantir que cada um de vocês se sinta confortável com o acordo.

Como excluir titular em conta conjunta? E o cancelamento?

Caso o casal decida cancelar a conta ou retirar um dos titulares da conta conjunta, o processo é um pouco diferente entre as instituições financeiras. Em essência, porém, ele é muito parecido.

Ambos os titulares precisam ir até a agência bancária com os seguintes documentos:

  • Documento de identificação: RG. CNH, Carteira profissional, Carteira de Trabalho, Registro Nacional de Estrangeiro
  • Cartão do banco
  • Talão de cheques (caso tenha)

A exclusão de um dos titulares ou cancelamento da conta só poderá ser realizada com apenas um do casal quando houver autorização judicial ou procuração com firma reconhecida ou instrumento público.

Pode demorar até 10 dias úteis a exclusão do titular da conta conjunta.

Descubra o que é certo para você

Gerenciar dinheiro juntos é um grande passo em qualquer relacionamento. Confiar no seu parceiro, boa comunicação, trabalho em equipe e conhecer suas opções pode ajudá-lo a encontrar a (s) conta (s) certa (s) para o seu relacionamento.

Ficou alguma dúvida? Deixem nos comentários suas perguntas e iremos ajudar!

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)