O que é renda mensal: familiar, per capita, bruta e líquida!

Escrito na categoria "Educação financeira" por André M. Coelho.

Quanto dinheiro você está ganhando? É importante saber sua renda mensal bruta para vários fins, incluindo orçamento, garantia de empréstimos, ou benefícios oferecidos pelo Governo.

Vamos entender como funciona a renda mensal e como fazer o cálculo correto.

O que é renda bruta mensal familiar ou individual?

A receita bruta refere-se à sua receita total antes da dedução de impostos e outros itens, como um plano de saúde.

Quando um empregador em potencial oferece a você seu salário inicial, o valor geralmente é sua renda anual bruta se você for um empregado assalariado em tempo integral ou uma hora bruta ou salário baseado em projeto se você for um empregado de meio período ou freelance. A renda mensal bruta se refere à soma total de todos os seus salários em um determinado mês antes das deduções, portanto, se você tiver várias fontes de receita, juntas elas constituem esse número.

Na renda familiar, você vai somar os ganhos e subtrair a dedução de cada um dos membros da família.

O que é renda mensal líquida familiar ou individual?

A renda mensal líquida é a sua renda total menos impostos e outras deduções. Depois que os impostos e outras deduções, como planos de saúde e outros benefícios, forem retirados do seu contracheque, você terá sua renda mensal líquida.

No caso da renda familiar, deve ser feito o processo pra todos os membros da família que contribuem para a renda familiar.

O que é renda discricionária?

A renda discricionária é a renda restante após o pagamento de despesas essenciais, incluindo aluguel ou hipoteca, serviços públicos e alimentação. Ele vem de sua receita líquida, em oposição à receita bruta.

É sempre importante ter um orçamento que contabilize suas despesas necessárias para ter uma ideia de quanto você pode colocar em suas economias e quanto sobra para seus gastos discricionários, que podem incluir refeições em restaurantes, filmes e outros entretenimentos , roupas e muito mais. Experimente o método de orçamento 50% para gastos necessários para a sobrevivência, 20% para poupança ou pagamento de dívidas, e 30% para investimentos.

Se você está endividado, perde o emprego ou sofre qualquer tipo de crise financeira, reduzir seus gastos discricionários é o primeiro passo em direção a uma solução, uma vez que essa renda não é essencial, enquanto serviços públicos, alimentação e habitação são.

Renda mensal na prática

A renda mensal pode ser calculada com algumas fórmulas e planilhas simples. (Foto: US News Money)

Para que serve a renda mensal?

Além de simplesmente lhe dar paz de espírito para saber quanto dinheiro você está ganhando após as deduções, sua renda mensal bruta é um valor que é usado em vários contextos diferentes. Quando você estiver solicitando empréstimos, como uma hipoteca, os credores usarão esse número para ajudar a determinar quanto você pode pedir emprestado. Em muitos casos, o valor que você pode emprestar não ultrapassará 28% de sua renda mensal bruta.

Quando você está solicitando cartões de crédito, as empresas também desejam verificar sua renda para determinar se você se qualifica e qual deve ser sua linha de crédito.

Como calcular sua renda mensal bruta?

Para funcionários assalariados:

É muito simples calcular sua renda bruta se você recebe um salário mensal. Some com outras receitas que você possa ter com outros negócios e você terá sua renda mensal bruta.

Para funcionários horistas:

Se você trabalha por hora, precisará fazer mais alguns cálculos. Determine quantas horas você trabalha em uma semana típica e multiplique o valor pelo número de semanas do mês, que é 4. Essa é sua renda mensal bruta deste trabalho. Isso pode ser complicado de calcular se você não tiver um número definido de horas por semana, então tente encontrar uma estimativa média para usar no cálculo.

Em ambos os casos, se você receber renda adicional de fontes como bônus ou horas extras, investimentos ou outras fontes, é melhor somar os números de um determinado ano e dividir a soma por 12. Some o resultado à sua renda de seu trabalho.

Exemplos de cálculo de renda mensal

Funcionários assalariados

Exemplo 1

Joana tem um salário mensal de R$5.000 e nenhuma fonte adicional de receita. Esta é a renda mensal dela.

Exemplo 2

Carolina ganha um salário R$6.250 mensal e tem um negócio paralelo que paga R$100 por semana. Primeiro, ela pega o valor de R$6.250. Em seguida, ela multiplicará R$100 por 52 (quantidade de semanas do ano) e dividirá a soma resultante (5.200) por 12, o que lhe dará R$433,33. Finalmente, ela somará esses números para obter uma renda mensal bruta total de R$6.683,33.

Funcionários horistas:

Exemplo 1

Indaiara ganha uma taxa horária de R$40 por hora. Ela normalmente trabalha 35 horas por semana. Para saber sua renda mensal bruta, ela primeiro multiplicará R$40 por 35, o que lhe dará R$1.400. Em seguida, ela multiplicará R$1.400 por 4, para obter uma renda mensal bruta de R$5.600.

Exemplo 2

Estela trabalha em dois empregos freelance, um dos quais pago por hora e outro por projeto. O trabalho por hora paga R$35 por hora, e ela normalmente trabalha cerca de 20 horas por semana. O trabalho baseado em projeto paga R$200 por projeto e ela geralmente conclui dois projetos por semana. Para calcular seu salário mensal bruto, ela primeiro multiplicará R$35 por 20, obtendo R$700 por semana, em seguida, multiplicará essa soma (R$700) por 4, obtendo R$2800.

Em seguida, ela multiplicará seus projetos por semana (2) por R$200 e multiplicará esse valor (R$400) por 4, para R$1.600. Ela vai somar este valor com R$2.800, obtendo R$4.400 de renda bruta.

Calculando a renda mensal familiar e renda per capita?

Sua renda familiar mensal bruta é a renda mensal bruta total de todos os fluxos de receita de cada membro de sua família, incluindo a renda de todos os seus empregos, bônus e outras receitas além do seu salário, investimentos, pagamentos de Previdência e muito mais. Se você tem um cônjuge ou parceiro, sua renda doméstica bruta mensal inclui a sua e a do seu parceiro. Toda a renda de todos os membros da família constitui sua renda mensal bruta.

Por exemplo, se você ganha R$5.000 (bruto) por mês com seu emprego regular e seu parceiro ganha R$4.500 (bruto), então sua renda familiar mensal bruta é de R$9.500.

A renda per capita é o valor dividido pelo número de pessoas que dependem da mesma renda familiar.

Suponha o mesmo casal acima, de renda bruta mensal de R$9.500. Se eles tem dois filhos que não contribuem para a renda familiar, o valor da renda per capita é de R$9.500 dividido por 4 membros da família, o que dá o valor de renda per capita de R$2.375.

Dúvidas? Deixem nos comentários suas perguntas!

Sobre o autor

Autor André M. Coelho

Crédito ou débito? Esta é uma pergunta quase sempre feita ao se pagar com cartão mas é uma questão também comum na vida de muitos brasileiros. Com mais de 300 horas em cursos de finanças, empreendedorismo, entre outros, André formou-se em pedagogia e se especializou em educação financeira. Dá também consultorias financeiras e empresariais quando seus clientes precisam de ajuda e compartilha conhecimentos aqui neste site.

Aviso legal

O conteúdo apresentado no site é apenas informativo com o objetivo de ensinar sobre o funcionamento do mundo financeiro e apresentar ao leitor informações que o ensine a pensar sobre dinheiro. O site Crédito ou Débito não faz recomendações de investimentos e em nenhuma hipótese pode ser responsabilizado por qualquer tipo de resultado financeiro devido a práticas realizadas por seus leitores.

Deixe um comentário