SCR é o Sistema de Informações de Crédito do Banco Central. É basicamente um banco de dados usado por instituições do nosso sistema financeiro para guardar informações sobre empréstimos e garantias. Este banco de dados fornece importantes informações para o Banco Central, ajudando na gestão de risco financeiro em todo o país.

O que é o SCR do BACEN?

O SCR teve início em 1997. Desde então, sua função foi ajudar na supervisão do risco de crédito, permitindo a troca de informações financeiras entre diferentes instituições.

Através do SCR, é possível o rastreamento de carteiras de crédito de diferentes instituições, obtendo informações sobre pessoas físicas e jurídicas para um melhor gerenciamento de risco de crédito.

Além disso, o SCR permite avaliar como anda a adesão de diferentes instituições financeiras aos padrões regulatórios vigentes no país. Desta forma, o BC pode definir quando é necessária a arbitragem regulatória ou quando há má conduta das instituições.

Objetivos do acesso ao SCR

O SCR e seu acesso disponível para as instituições financeira tem dois objetivos principais.

O primeiro é a divulgação de informações sobre operações de crédito e a exposição de risco de crédito.

O segundo é divulgar informações aos credores sobre empréstimos que um cliente pessoa física ou jurídica já tem no sistema.

Em ambos os casos, a instituição financeira pode ter um maior grau de certeza e segurança ao realizar um empréstimo ou financiamento, pois já sabe o quanto um dado cliente pode já estar comprometido financeiramente, resultando em uma melhor gestão do risco financeiro.

SCR no Banco Central

O SCR é um cadastro do Banco Central para as informações financeiras daqueles que usam o sistema financeiro brasileiro. (Foto: Onze Investimentos)

Quem faz informa dados ou faz a consulta ao SCR?

Todas as instituições financeiras brasileiras ou relacionadas, que incluem:

  • Bancos comerciais
  • Bancos de desenvolvimento
  • Bancos de investimentos
  • Cooperativas de crédito
  • Bancos públicos
  • Fundos de investimentos
  • Organizações de valores mobiliários

Fornecem informações para o banco de dados SCR. Elas também podem consultar o SCR, assim como você pode fazer a consulta pelo site do Banco Central.

Quais informações estão no SCR?

No Sistema de Informações de Crédito do Banco Central estão dados sobre todas as transações abaixo:

Empréstimos

Adiantamentos de dinheiro

Locação

Coobrigações e garantias

Passivos de crédito não revogáveis

Transações baixadas;

Outras operações que envolvam risco de crédito

Empréstimos que foram adquiridos com retenção substancial de riscos e benefícios ou controle

Transações com instrumentos de pagamento pós-pagos

Outras transações ou contratos com características de crédito reconhecidas pelo Banco Central.

O SCR é uma agência de crédito?

De certa forma, o SCR funciona de forma semelhante a uma agência de crédito. O sistema e seu amplo banco de dados contribui imensamente para a gestão do risco de crédito. E a legislação e decisões do Conselho Monetário Nacional vem contribuindo ainda mais para a evolução do banco de dados.

Por exemplo, a Resolução do CMN nº 4.571 / 2017 permitiu a consulta das informações consolidadas por cliente na base de dados do SCR, com a devida autorização do cliente. Assim, um cliente pode conseguir até negociar menores taxas, se suas informações mostrarem que é um cliente de baixo risco.

Os clientes também podem acessar o Sistema de Registrato do Banco Central para obter relatórios contendo informações sobre suas relações com instituições financeiras e / ou operações de crédito Assim, podem monitorar se há alguma fraude com algum empréstimo ou financiamento em seus nomes. O Registrato também fornece o ‘Certificado Negativo de Relacionamento com o Sistema Financeiro’, caso o cidadão / empresa não tenha relacionamento.

Ficou alguma dúvida? Deixem nos comentários suas perguntas!

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)