Pais e professores gastam muito tempo ensinando as crianças sobre todos os diferentes aspectos do dinheiro e finanças pessoais. Infelizmente, esta informação nem sempre fica com as crianças e aqueles que não compreendem o conceito de finanças pessoais podem encontrar problemas relacionados com o dinheiro mais tarde na vida. Quando se trata de ensinar finanças de uma forma que as crianças entendam, é importante que a matemática regular seja incluída nas lições. Conhecer as habilidades matemáticas básicas ajudará muito as crianças com o gerenciamento de dinheiro e, concentrando-se um pouco mais em matemática, e não em fatos financeiros, você pode ensinar alfabetização financeira às crianças desde o início.

Onde começar a educação financeira para crianças?

Educação financeira para crianças é necessário sim, para que elas cresçam independentes e financeiramente estáveis. A questão principal é onde começar essa educação.

Antes de tocar em tópicos relacionados a finanças, as crianças devem ter uma compreensão firme das habilidades matemáticas básicas e devem se sentir confortáveis ​​com os números. Embora muitos pais e professores conversem com as crianças sobre gastos e ganhos com dinheiro, poupança e outros tópicos gerais, geralmente não há muito foco em assuntos mais difíceis, como dívidas e renda familiar. A pesquisa mostrou que tópicos sensíveis, como renda e dívida, deveriam ser usados, não para causar preocupação ou ansiedade às crianças, mas para ensiná-los sobre administração de dinheiro, dívida, contabilidade e crédito.

Gradualmente, introduzir novos tópicos de educação financeira para jovens

Um erro que muitas vezes é cometido é tentar ensinar às crianças tudo o que há para saber sobre finanças de uma só vez. A educação financeira cobre muitos tópicos diferentes e, portanto, é importante introduzir esses tópicos para as crianças lentamente, de modo que eles entendam cada um deles antes de prosseguir. Colocar toda a informação financeira de que precisarão em uma aula vai sobrecarregar as crianças e muitas vezes elas não se lembrarão muito do que foi discutido.

Quando você deve conversar com seus filhos sobre princípios da educação financeira?

Ensinar as crianças mais jovens o valor do dinheiro através de situações da vida real e exemplos irá ajudá-los a entender de onde vem o dinheiro e como ele é ganho. Aqui estão alguns exemplos de como você pode abordar isso com seus filhos.

No caixa eletrônico

O caixa eletrônico é um ótimo lugar para começar a ensinar as crianças sobre dinheiro. Você poderia explicar ao seu filho que o caixa eletrônico contém o dinheiro que você ganhou trabalhando duro e economizando. Não é apenas um buraco na parede onde sai o dinheiro. Quando você tira dinheiro do caixa eletrônico, ele é retirado da sua conta bancária e você terá menos na sua conta para gastar mais tarde.

No supermercado

Ao comprar itens no supermercado, você pode explicar aos seus filhos como os itens são precificados e que você pode obter versões mais baratas ou mais caras do mesmo produto. Esta é também uma oportunidade para discutir como você pode comprar pelo melhor preço. Você poderia levá-los a comparar os preços para você e escolher o mais barato. Se eles querem uma determinada marca, então explique a diferença de preço para eles.

Pagando contas

Se você receber as faturas pelo correio ou online, essa pode ser uma oportunidade para explicar que a eletricidade ou sua conexão com a Internet custa dinheiro. Você poderia explicar que, para pagar uma conta de energia de R$150, você leva X dias no trabalho para ganhar o dinheiro. Isso ajudará a criar uma conexão entre o tempo gasto no trabalho e o dinheiro, bem como o fato de que a eletricidade e a internet custam o dinheiro da família. Também pode fazê-los pensar duas vezes antes de deixar luzes e aparelhos ligados.

Fazendo um orçamento

Envolvendo seus filhos em discussões sobre seu orçamento familiar é outra maneira que você pode conversar com crianças sobre dinheiro. Isso ajuda a dar a eles uma visão geral sobre custos e gastos. Ao explicar quanto dinheiro sua família tem para gastar toda semana e como esse dinheiro é gasto, seus filhos entenderão melhor os custos da vida familiar e quanto pode ser economizado para outras coisas.

Dando trocados

Trocados podem ajudar às crianças a entenderem melhor o valor do dinheiro.

Educação financeira infantil

Eduque as crianças financeiramente para se tornarem adultos mais controlados. (Foto: Working Moms Against Guilt)

Quais conceitos de dinheiro para ensinar em diferentes idades?

À medida que seus filhos crescerem, eles terão experiências diferentes e exigirão um melhor entendimento do dinheiro. Aqui estão algumas idéias sobre os tipos de coisas que seus filhos precisarão conhecer em diferentes idades.

Crianças mais novas (idade pré-escolar):

  • Você precisa de dinheiro para comprar coisas.
  • O dinheiro inclui notas e moedas que possuem valores diferentes
  • Você ganha dinheiro indo para o trabalho
  • Há uma diferença entre as coisas que você precisa e as coisas que você quer

Crianças em idade escolar (ensino fundamental)

  • Comparar preços e fazer compras antes de comprar algo é um bom hábito
  • Tenha cuidado ao fazer compras online e nunca compartilhe suas informações pessoais online
  • Você precisa ser paciente ao economizar e pode fazer escolhas sobre como gastar seu dinheiro

Adolescentes (ensino médio):

  • É melhor usar dinheiro do que crédito
  • Crédito é dinheiro que você empresta e tem que pagar com juros
  • É bom ter poupanças em caso de uma emergência monetária
  • Se você trabalha em um emprego de meio período, precisa verificar o seu recibo para ver se está recebendo o valor correto e se está pagando impostos.
  • Acompanhe os dados e despesas do celular para garantir que você não fique sem crédito ou fique preso com uma conta grande
  • As contas bancárias podem ajudar você a acompanhar e manter seu dinheiro. Veja nossa seção abaixo de 25 para vídeos e dicas sobre como administrar dinheiro para jovens
  • Fazer um orçamento ajuda você a descobrir como deve gastar seu dinheiro

Arrecadar dinheiro e crianças inteligentes

Quando as crianças chegam a uma idade em que estão ganhando dinheiro ou trabalhando em empregos de meio período, elas começam a gastar seu próprio dinheiro. Aqui estão algumas coisas que você pode querer fazer com seus filhos para ajudar a desenvolver seu conhecimento financeiro e independência:

Listas de compras – peça aos seus filhos para ajudá-lo a compilar uma lista de compras de itens necessários para sua casa.

Compras de pesquisa – trabalhe com seus filhos para pesquisar online ou fazer compras para encontrar o melhor preço para um item desejado.

Estabeleça metas – ajude seus filhos a definir uma meta e rastreie suas economias por meio de um gráfico (por exemplo, eles podem colorir moedas em um gráfico para mostrar seu progresso). Para crianças mais velhas e adolescentes, crie uma conta bancária e ajude a acompanhar as poupanças e os gastos.

Planejar um evento – Envolva seus filhos no planejamento e orçamento para ocasiões especiais, como passeios ou aniversários. Se você estiver indo viajar, passe através de todos os custos, incluindo transporte e alimentação, bem como os custos de lazer no destino.

Faça compras online seguras – Certifique-se de que seus filhos estão seguros quando estiverem fazendo compras online e saibam como identificar um golpe online. Se parece bom demais para ser verdade, provavelmente é.

Precisar x Querer – Ajude seus filhos a evitar compras espontâneas e definir metas para pensar se eles querem um item antes de partir com seu dinheiro. Discuta a diferença entre necessidades e desejos e incentive seus filhos a pensar sobre isso antes de gastar.

Verificar o uso do celular – Quando o seu filho recebe o primeiro celular, mostre-lhe como verificar e minimizar o uso de dados, definir os limites de uso e envolva-os na seleção do pré-pago ou do plano.

Criticar anúncios – faça seus filhos analisarem anúncios na TV e em catálogos com você. Pergunte a eles o que os anúncios estão tentando vender, como eles tentam vender para você e se eles precisam do produto que estão anunciando.

Tudo isso é importante para que seus filhos tenham uma boa saúde financeira.

Você acha importante para as crianças aprenderem sobre finanças? Por que? Como vocês ensinariam ou ensinam seus filhos sobre dinheiro?

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)