Às vezes, você precisa enviar dinheiro para algum lugar rapidamente. As transferências eletrônicas são uma das maneiras mais eficazes e rápidas de transferir dinheiro para coisas como fechar uma casa ou enviar fundos para parentes no exterior. Elas custam um pouco mais e exigem mais esforço do que outros métodos de envio de dinheiro, mas você terá tranquilidade.

Além disso, com transferências é possível gerar uma identificação de quem a fez, sabendo diretamente de onde veio a transferência.

O que é uma transferência bancária? E o que é a identificação da transferência?

Uma transferência eletrônica é uma maneira rápida de transferir dinheiro eletronicamente de uma pessoa para outra usando um banco ou um provedor não bancário,. Nenhum dinheiro físico se move entre os locais.

Uma transferência bancária consiste em instruções sobre quem receberá o dinheiro, incluindo o número da conta bancária e quanto o destinatário deve receber. As transferências bancárias não bancárias podem não exigir uma conta bancária, dependendo do serviço, mas exigirão o nome do destinatário, o valor da transferência e o destino. Você paga o valor adiantado, para que a transferência seja final assim que processada.

A identificação da transferência é formada pelos dados de quem está enviando o dinheiro, assim como os dados de quem está recebendo o dinheiro. Geralmente é possível também identificar o banco de origem da transferência através da identificação da mesma.

Tipos de transferências bancárias

Existem dois tipos principais de transferências eletrônicas: doméstica e internacional. O custo e o prazo de entrega variam para cada um. Se você está enviando dinheiro para o exterior através do seu banco, geralmente usa uma transferência bancária. Os bancos podem transferir valores em dezenas de milhares de reais e enviar dinheiro em moeda estrangeira.

Quanto tempo leva para uma transferência chegar até a conta de destino?

Seu dinheiro não vai direto de um banco ou provedor para outro. Um sistema de processamento em tempo real efetua e processa as transferências. Para transferências eletrônicas domésticas, o dinheiro geralmente é processado no mesmo dia em que a transferência é realizada – geralmente dentro de algumas horas. As transferências internacionais, que envolvem uma câmara de compensação do Brasil e pelo menos o sistema de processamento de um país estrangeiro, podem levar mais dias. A exceção é quando são usados serviços de transferência financeira como o TransferWise.

Identificação de transferência

A identificação de transferência é uma forma de identificar a origem dos recursos. (Foto: Citymark FCU)

Qual é o custo de uma transferência bancária?

Uma transferência eletrônica pode ser uma das maneiras mais caras de enviar dinheiro, principalmente por meio de bancos. Em média, há uma taxa fixa de cerca para transferir dinheiro para outra pessoa no Brasil e mais do que o dobro para transferir para o exterior, com base em alguns dos preços atuais das maiores instituições financeiras do Brasil. Os destinatários geralmente não precisam pagar pela transferência bancária.

As transferências eletrônicas internacionais têm outro custo, que pode ser oculto. Os bancos no Brasil e no exterior cobram dos consumidores taxas de câmbio mais altas do que o cobrado em outros bancos.

Para transferências através de provedores não bancários, a taxa pode depender do provedor, valor, destino, opções de entrega e pagamento e método de envio de dinheiro, como online ou pessoalmente. Geralmente, você obtém uma taxa de câmbio melhor do que em um banco.

Quão segura é uma transferência bancária?

Uma transferência eletrônica é segura e não pode ser cancelada após o envio. Verifique se você conhece a pessoa para quem está enviando dinheiro. Os golpistas podem dizer que você ganhou uma loteria ou sorteios para os quais nunca se inscreveu e depois pedir para transferir dinheiro para pagar as taxas supostas. Se você se interessar por um truque como esse, não poderá recuperar seu dinheiro.

A única exceção é se você fizer uma transferência internacional e cancelá-la dentro de meia hora, supondo que a transferência ainda não tenha sido sacada ou depositada. Essa é uma das várias proteções que você possui ao enviar transferências internacionais de dinheiro.

Uma transferência eletrônica não é o tipo de serviço monetário de que você precisará com frequência, mas quando a velocidade é crucial, pode ser um salva-vidas.

Com a identificação em mãos, você pode encontrar a fonte dos recursos, e saber também informações do destino do dinheiro, organizando melhor as finanças.

Ficou alguma dúvida? Deixem nos comentários suas perguntas!

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)