Seu limite diário se aplica a pagamentos e transferências, serviços internacionais (transferência de fundos para o exterior), desconto de cheques bancários e doações de caridade online. Os limites diários para clientes pessoais variam de acordo com suas movimentações financeiras e seu relacionamento com a instituição bancária. Mas como aumentar o limite de transferência?

Qual o limite de transferência do banco?

Os limites de transferência para sue banco ou instituição financeira podem ser obtidos pelo caixa eletrônico, na opção limites. Pelo app da sua instituição financeira, ou pelo internet banking, basta pesquisar pela opção de limites para saber quais são seus limites de transferências.

É importante lembrar que limites são geralmente gerados automaticamente pela instituição, de acordo com sua movimentação financeira e o perfil financeiro na instituição na qual você tem a conta.

Limites bancários

Altere os limites no banco para fazer suas transferências sem problemas. (Foto: Bloomberg)

Como aumentar meu limite?

Alterar seu limite diário é relativamente fácil. Para alterar o limite da sua instituição financeira, você pode ir até um caixa eletrônico e ir na opção de limites, e alterar limites. Você pode também fazer isso pelo app ou internet banking. É possível tanto aumentar os limites quanto transferir os limites que você já tem para diferentes transações.

Alguns bancos e instituições financeira geram limites automáticos, que devem ser confirmados nos caixas eletrônicos. E não é possível aumentar esses limites além do que é gerado automaticamente.

E se eu precisar de um limite maior da conta do que aprovado?

Uma opção é conversar com seu gerente para pedir uma transferência de limites ou para aumentar o limite específico que você precisa para a transação.

Caso seu gerente não consiga fazer esse aumento, você pode transferir sua conta salário para o banco ou aumentar seus depósitos, solicitando um aumento de limite após cerca de 3 meses.

Você pode também dividir as transações em mais dias para usar apenas uma parte dos limites em cada um dos dias.

Tipos de limites

Existem dois tipos de limites de transação: limite de transferências de fundos e limite de pagamentos.

1. Limites de transferências de fundos

Limite de transferência entre contas da mesma instituição financeira: são transferências feitas entre contas da mesma instituição financeira, geralmente sem custos para os clientes.

Limite de transferência para conta não registrada: como recurso de segurança, é preciso registrar as contas para as quais você quer transferir, indo geralmente a um caixa eletrônico ou usando senhas para o registro. Os limites para uma conta não registrada são mais baixos, evitando fraudes.

Limite de transferência para conta registrada: uma conta registrada é uma conta que passou pelo registro online ou em um caixa eletrônico, confirmando que o beneficiário da conta é um conhecido do proprietário da conta de origem, e gerando mais segurança nas transferências.

2. Limite de pagamentos:

Para fazer pagamentos, geralmente os limites se dividem entre boletos que são emitidos pelo mesmo banco ou instituição financeira, boletos de instituições do governo, e boletos emitidos por outras instituições financeiras. Os limites são maiores para boletos da mesma instituição, boletos de instituições do governo e impostos, e o menor limite é para boletos de outras instituições financeiras.

Esperamos que não tenham ficado dúvidas sobre seus limites de transferência. Caso você tenha ainda alguma dúvida ou esteja enfrentando problemas para aumentar os limites, deixe nos comentários suas perguntas para que possamos ajudar.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)