Cheque devolvido motivo 22, o que é?

Escrito na categoria "Educação financeira" por André M. Coelho.

Um cheque retornado ou devolvido é um cheque que o banco que recebeu não honra. Se você é o escritor de cheques, ter um cheque retornando significa que seu banco não pagará a pessoa ou empresa a quem você escreveu. E se você recebeu o cheque de volta, um cheque que volta é um para o qual você não será pago, pelo menos não imediatamente.

Compreender o motivo de um retorno de cheque que você envia ou recebe pode te proporcionar uma oportunidade para consertar o problema e evitar que ele se agrave. Explicaremos também o que significa o cheque devolvido pelo motivo 22 e como resolver a questão.

Noções básicas de motivos de devolução de cheques

Os bancos e empresas processam cheques eletronicamente, e os consumidores podem até depositar cheques com seus telefones celulares. Mas o que funcionou no passado (escrevendo um cheque enquanto sua conta é baixa em fundos, por exemplo) pode não funcionar mais e pode resultar em um cheque retornado que você mais tarde tem que refazer ou depositar novamente.

Quando o cheque é retornado, ele geralmente retorna com um motivo atrelado. Este motivo descreve o porquê do cheque ter sido retornado. Alguns dos motivos mais comuns incluem:

Se um cheque for negado por fundos insuficientes, um banco geralmente permitirá que você depositá-lo novamente, mas não há regra rigorosa sobre quantas vezes ele tem que deixar você redepositar ele.

Cheque retornando

O retorno do cheque pode acontecer por diversos motivos, e entender ajuda na correção do problema. (Imagem: Complete Business Group)

O que é o motivo 22 de cheque devolvido?

O cheque devolvido pelo motivo 22 é o cheque que foi devolvido por divergência ou insuficiência de assinatura. Em outras palavras, ou a assinatura do cheque está errada, ou o modelo de assinatura usado pelo dono do cheque não bate com a assinatura do banco.

Cheque retornado por motivo 22 pode ser reapresentado?

O cheque retornado por motivo 22 pode ser reapresentado. Porém, é recomendável solicitar a quem escreveu o cheque uma verificação no banco ou instituição financeira se a assinatura que está lá é a mesma utilizada no cheque. Se não for a mesma, o escritor do cheque pode ter de atualizar os dados cadastrais ou escrever um novo cheque com a assinatura corrigida.

Qual o risco de escrever um cheque que retorna?

Se você escrever e assinar cheques que acabam sendo retornadas, você está se preparando para problemas. Alguns dos problemas que você encontrará são:

Você vai acabar pagando muito em taxas ou pior, ser cadastrado no CCF (Cadastro de Emissores de Cheques sem Fundo), o que poderá limitar seu acesso a recursos do mercado financeiro.

Seu crédito pode eventualmente sofrer se um mau cheque resultar em um pagamento atrasado, dificultando a você pegar dinheiro emprestado (ou obter um emprego ou seguro).

Você vai acabar com o nome negativado bancos e varejistas, tornando mais difícil abrir contas e escrever cheques no futuro.

Você pode se encontrar em problemas legais, já que intencionalmente escrever cheques sem fundo é ilegal.

O que fazer com um cheque retornado?

Se você recebeu cheques devolvidos como comerciante ou simplesmente como indivíduo, você pode se perguntar como interagir com pessoas que escrevem cheques ruins (para obter o dinheiro que lhe é devido). Ideias incluem:

1. Basta pedir

Para começar, tente recolher o dinheiro. Entre em contato com o escritor do cheque e solicite que eles façam bons no pagamento. Pode ter sido um erro honesto, e eles podem ter toda a intenção de pagar a você. Esta é uma razão pela qual é bom verificar se os cheques sempre mostram um número de telefone atual.

2. Visite o banco

Você também pode ir ao banco que emitiu o cheque O dinheiro que você precisa (se existir) estará no banco do escritor de cheque, não o seu. Quando você visita o banco pessoalmente, você também pode evitar uma taxa de cheque retornado para depositar cheques ruins.

3. Deposite no tempo certo

Se você é afortunado, você estará no banco logo após o escritor de cheques depositou dinheiro. O começo ou fim do mês pode ser um bom momento para tentar recolher se a pessoa for paga com depósito direto. Você também pode tentar salvar uma viagem chamando o banco e pedindo para verificar os fundos no cheque.

4. Procure remédios legais

Se o escritor de cheque não honrar o cheque devolvido, talvez tenha que tomar ações mais agressivas para obter seu dinheiro. Por exemplo, você pode ter de entrar com uma ação para poder fazer a cobrança

Como evitar que um cheque seja devolvido?

A única maneira segura de não ter um cheque devolvido é parar de aceitar cheques como uma forma de pagamento. Desde que isso pode te tirar do negócio ou torná-lo inconveniente para receber o pagamento, a próxima melhor coisa é reduzir as chances de fazer um mau cheque tomando medidas de precaução:

Procure por recursos de segurança em um cheque, incluindo micro impressões (caracteres minúsculos em um cheque) e uma marca d’água nas costas.

Alistar um serviço de verificação de cheques para identificar clientes que têm histórico de escrever cheques ruins.

Converta cheques de papel para cheques eletrônicos através de um serviço de conversão de cheques.

Cobre uma taxa aos clientes para desencorajar os cheques devolvidos e compensar você pelo seu tempo (divulgar a taxa corretamente no ponto de venda e garantir que a divulgação esteja em conformidade com todas as leis).

Incentivar outras formas de pagamento, como cartão, onde seu risco ficará muito menor.

Como você lida com cheques devolvidos? Quais soluções acha melhor para este problema?

Sobre o autor

Autor André M. Coelho

Crédito ou débito? Esta é uma pergunta quase sempre feita ao se pagar com cartão mas é uma questão também comum na vida de muitos brasileiros. Com mais de 300 horas em cursos de finanças, empreendedorismo, entre outros, André formou-se em pedagogia e se especializou em educação financeira. Dá também consultorias financeiras e empresariais quando seus clientes precisam de ajuda e compartilha conhecimentos aqui neste site.

Aviso legal

O conteúdo apresentado no site é apenas informativo com o objetivo de ensinar sobre o funcionamento do mundo financeiro e apresentar ao leitor informações que o ensine a pensar sobre dinheiro. O site Crédito ou Débito não faz recomendações de investimentos e em nenhuma hipótese pode ser responsabilizado por qualquer tipo de resultado financeiro devido a práticas realizadas por seus leitores.

Deixe um comentário