Saiba mais sobre o consórcio, modalidade de compra muito popular no Brasil, comumente utilizada para a compra de automóveis e imóveis. Além disso, é importante entender o que fazer com um consórcio contemplado, como funciona, e se você pode negociar uma carta de consórcio contemplado de diferentes maneiras.

O que é um consórcio?

Muita gente não sabe, mas os consórcios são uma invenção brasileira, que remonta à década de 60 e depois se disseminou por vários países. Sua ideia central é bem simples: reunir um grupo de pessoas que tenha o mesmo propósito de consumo.

Assim, o consórcio nada mais é do que um grupo de pessoas (pessoas físicas ou jurídicas) unidas pelo interesse comum na aquisição de determinado bem durável, como um carro ou um apartamento.

O perfil típico de um sócio de consórcio é de alguém interessado em determinado bem, mas sem a necessidade imediata de tê-lo. Além disso, requer que o participante tenha algum dinheiro extra. Este grupo deverá ser administrado por empresa especializada que será responsável por viabilizar toda a operação do consórcio. E para isso, esta empresa cobra uma taxa de administração de todos os participantes. Esta taxa é o equivalente a uma taxa de juros de um financiamento ou empréstimo.

O Banco Central do Brasil é o órgão competente que zela por todos os assuntos relativos ao Sistema de Consórcios no país, inclusive a fiscalização e supervisão das empresas Administradoras. Há uma série de requisitos que as empresas devem cumprir para operar.

Para verificar se determinada empresa administradora conta com autorização do BC para operar, acesse a Associação Brasileira de Administradoras de Consórcios, a Abac (Associação Brasileira de Administradores de Consórcio) ou o site do BC.

Consórcio contemplado

O consórcio contemplado pode ser uma boa ideia para negociar ou comprar um bem. (Foto: Sicoob Credijustra)

Como funciona o consórcio? Quando é contemplado?

É assim: a administradora divide o preço do bem em questão em várias parcelas, a serem pagas por todos os sócios do consórcio mensalmente. Esse dinheiro é acumulado como uma poupança comum. A administradora faz essa divisão de forma que possibilite a compra de uma ou mais unidades da mercadoria do consórcio por mês.

Em seguida, o administrador contempla um ou mais dos consorciados (escolhidos por sorteio) com carta de crédito, que possibilita ao comprador adquirir o bem à vista, evitando juros, presentes em plano de financiamento, por exemplo .

Além dos sorteios, a maioria dos planos de consórcio permite que os apostadores façam lances de forma a antecipar um determinado número de parcelas. Quem der o lance mais alto fica com a carta de crédito.

O consórcio contemplado significa que a pessoa “ganhou” a carta do consórcio para usar o dinheiro para comprar o bem desejado.

Comprar carta de consórcio contemplada é um bom negócio?

Comprar uma carta de consórcio pode ser um bom negócio se você tomar o tempo para pesar algumas questões. Pode sair mais barato um financiamento, ao invés de comprar uma carta contemplada.

Se você vai comprar uma carta de crédito, é importante considerar algumas questões importantes:

Origem da carta de crédito: de onde ela vem? Qual instituição financeira a emitiu? Verifique se ela está registrada na Abac antes de comprar a carta.

Autorização da administradora: nem todo consórcio contemplado pode ser vendido. É preciso ter autorização da administradora para negociar. Verifique se há a autorização antes de fazer a compra.

Valor da carta em relação ao bem: quanto da carta paga do bem? Às vezes, um consórcio contemplado pode não cobrir muito do valor do bem, e você ainda pode ter de pagar muito dos custos ao longo do caminho.

Regras de uso do valor: alguns consórcios contemplados podem ser usados para diversas finalidades. Outros só podem ser utilizados para uma ou outra finalidade. Veja se a carta que você está comprando pode ser usada exatamente para o que você quer antes de comprá-la.

Custos envolvidos: além do valor da carta, podem haver outros custos. Calcule antes de comprar para não ter problemas.

Possíveis fraudes: existem muitos golpistas na área de consórcios contemplados. Verifique todas as informações e só compre o consórcio contemplado com um contrato muito bem feito e registrado.

Ficou alguma dúvida? Deixem nos comentários suas perguntas!

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)