Calcular o custo de vida pode ser tão simples quanto somar suas despesas mensais ou um processo mais complicado que ajuda você a fazer um orçamento para gastos futuros ou discricionários. Usar seus documentos financeiros históricos e escrever uma lista de suas metas financeiras o ajudará a criar um cálculo de custo de vida preciso para orientar seus gastos, economias e investimentos.

O que é custo de vida?

Custo de vida é um conceito econômico que consiste no nível geral de preços de bens e serviços que os consumidores típicos adquirem para suas atividades de vida diária. É usado para determinar os ajustes de custo de vida, que são aumentos salariais, benefícios do governo ou benefícios de pensão para igualar a taxa de inflação de modo que o poder de compra de uma pessoa permaneça o mesmo ou não seja afetado adversamente.

Muitas pessoas usam o custo de vida médio de uma região para saber onde é melhor para morar e economizar mais dinheiro ou simplesmente, onde morar e conseguir pagar as contas.

Como calcular o custo de vida no Brasil: despesas mensais

Uma das primeiras etapas para calcular seu custo de vida é determinar suas despesas regulares. Reúna o cartão de crédito e extratos bancários do ano anterior, juntamente com quaisquer outros registros financeiros que você tenha, como extratos de contas digitais ou outros. Escreva uma lista de suas despesas mensais recorrentes, como hipoteca ou aluguel, serviços públicos, mantimentos, telefone, assinatura de TV a cabo, Internet, pagamento de carro, seguro, cabelo e unhas e entretenimento.

O IBGE fornece uma lista útil de despesas do orçamento familiar em seu site, assim como vários órgãos de economia do governo. Em seguida, liste as despesas que você paga em uma base semirregular, como impostos, taxas, tarifas, etc, e divida-as por 12 para obter seu custo médio mensal para elas.

Revise suas deduções de folha de pagamento

Os impostos, seguro e contribuições da previdência retirados de seu contracheque determinam sua receita após os impostos, e você pode não querer incluí-los em sua lista de despesas mensais. Saiba quais você pode parar de pagar, caso tenha problemas de fluxo de caixa e precise de uma renda extra. Se você parar de fazer essas contribuições e receber a receita, lembre-se de que pode não ter mais os benefícios, como o atendimento do seguro de saúde.

Calcule seus gastos mensais

Calcule o que você gasta por mês, em média, totalizando suas despesas anuais e dividindo por 12. Algumas despesas são fixas, como o pagamento do carro, que não muda mês a mês. Outras despesas são variáveis, como mantimentos. Divida suas despesas em listas fixas e variáveis ​​e use os gastos do ano passado e as projeções do próximo ano para determinar sua média mensal para suas despesas variáveis. Inclua a despesa média mensal para despesas semirregulares em seu total mensal.

Calculando custo de vida

Faça o cálculo do custo de vida para ter uma ideia do quanto vai gastar para sua viver em um lugar. (Foto: Expatica)

Fórmulas para custo de vida

Depois de saber qual será seu custo de vida mensal, multiplique por 12 para determinar seu custo de vida anual. Isso o ajudará a determinar qual receita após os impostos você precisará para pagar suas contas. Converse com um contador para determinar quais são seus impostos, para que você possa determinar o salário total, ou receita antes dos impostos, de que você precisará para pagar suas despesas e impostos. Uma regra prática útil: especialistas financeiros recomendam limitar os custos de moradia – incluindo hipotecas, impostos sobre a propriedade e seguro – em 25 a 30 por cento de sua receita antes dos impostos.

Plano de emergência financeira: considere ao calcular seus custos

Você nunca sabe quando poderá ter danos à sua casa, um problema médico, perda de emprego ou outra emergência financeira imprevista, então reserve a economia mensal para construir um fundo de emergência. Levando em consideração suas despesas mensais, economias existentes, acesso a investimentos ou ajuda potencial de familiares e amigos, determine quanto você deve ter em seu fundo de emergência.

Isso pode significar 30 dias a seis meses de despesas, dependendo de suas economias e potencial de ganhos.

Planeje seu custo de vida para o futuro

Você pode não considerar um pagamento de entrada em uma casa ou uma contribuição para uma previdência privada no custo de vida, mas se comprar uma casa e uma aposentadoria confortável forem metas financeiras para você, elas precisam ser incluídas em seu orçamento mensal. Adicione essas despesas às suas despesas mensais para determinar seu custo de vida com economias de longo prazo adicionadas.

Calculadoras de custo de vida

Se você está pensando em se mudar para uma nova cidade, use uma calculadora de custo de vida para determinar quanto você precisará para morar naquela cidade. Você pode encontrar várias calculadoras online gratuitas que permitem inserir seu salário e cidade atuais e, em seguida, o nome de outra cidade, para ver o que você precisa fazer na nova cidade para igualar o padrão de vida na sua cidade atual.

Ao ter seus custos em mãos, você pode estipular quanto precisa ganhar para se sustentar em um lugar ou quanto precisa deixar de gastar para viver com mais dinheiro sobrando.

Ficou alguma dúvida? Deixem nos comentários suas perguntas e iremos responder!

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)