O que é investimento em renda fixa?

Escrito na categoria "Investimentos" por André M. Coelho.

Os investidores que tem baixa tolerância ao risco são aqueles que precisam buscar mais formas de investir na renda fixa. Em muitos anos de crise, inclusive, a renda fixa é uma das formas mais garantidas de se fazer dinheiro.

Mas o que significa a renda fixa? Em qual investir? Quais são os riscos? Vamos explicar em detalhes e buscar ajudar.

O que são investimentos em renda fixa?

A renda fixa é uma abordagem de investimento focada na preservação de capital e renda. Tipicamente inclui investimentos como títulos governamentais e corporativos, CDs e fundos do mercado monetário. A renda fixa pode oferecer um fluxo constante de renda com menos risco que as ações.

Como funciona a renda fixa?

Dependendo de suas metas financeiras, os investimentos de renda fixa podem funcionar de diferentes maneiras. Este funcionamento vai depender de seus objetivos e perfil financeiro, é claro. Os diferentes tipos de funcionamento explicamos abaixo.

1. Diversificação do risco de mercado de ações

A renda fixa é amplamente entendida para transportar menor risco do que as ações. Isso ocorre porque os ativos de renda fixa são geralmente menos sensíveis aos riscos macroeconômicos, como desaceleração econômica e eventos geopolíticos.

Se você está procurando cultivar seus investimentos de riqueza ao longo do tempo para economizar para aposentadoria ou outros objetivos de longo prazo, você provavelmente realiza uma quantidade significativa de ações em seu portfólio. Mas, ao alocar uma parte do seu portfólio para investimentos de renda fixa, você pode ajudar a compensar as perdas quando os mercados de ações se balançam.

2. Preservação de capital

A preservação de capital significa proteger o valor absoluto do seu investimento através de ativos que têm um objetivo declarado de retorno do principal. Os investidores que estão mais próximos da aposentadoria podem confiar em seus investimentos para fornecer renda. Como a renda fixa normalmente realiza menos risco, esses ativos podem ser uma boa escolha para investidores que têm menos tempo para recuperar perdas. No entanto, você deve estar consciente do risco de inflação, o que pode causar seus investimentos a perder valor ao longo do tempo.

3. Próxima geração

Os investimentos fixos de renda podem ajudá-lo a gerar uma fonte constante de renda. Os investidores recebem uma quantia fixa de renda em intervalos regulares na forma de pagamentos de cupom em suas participações de obrigações. No caso de muitos, títulos municipais, a renda está isenta de impostos.

4. Retorno total

Alguns ativos de renda fixa oferecem o potencial de gerar retornos atraentes. Os investidores podem buscar retornos mais altos, assumindo mais risco de crédito ou risco de taxa de juros.

Entendendo a renda fixa

A renda fixa são investimentos com baixo risco e renda constante, contribuindo para sua carteira de investimentos. (Imagem: AllianceBernstein)

Quais são os riscos associados à renda fixa?

Existem quatro maiores riscos associados à renda fixa:

1. Risco da taxa de juros

Quando as taxas de juros aumentam, os preços de títulos caem, o que significa que os títulos que você segura perder valor. Os movimentos da taxa de juros são a maior causa da volatilidade dos preços nos mercados de obrigações.

2. Risco de inflação

A inflação é outra fonte de risco para investidores de títulos. Obrigações fornecem uma quantia fixa de renda em intervalos regulares. Mas se a taxa de inflação ultrapassar esta quantia fixa de renda, o investidor perde energia de compra.

3. Risco de crédito

Se você investir em títulos corporativos, você assume risco de crédito, além do risco de taxa de juros. Risco de crédito (também conhecido como risco de negócios ou risco financeiro) é a possibilidade de que um emissor possa informar em sua obrigação da dívida. Se isso acontecer, o investidor pode não receber o valor total de seu investimento principal.

4. Risco de liquidez

O risco de liquidez é a chance de que um investidor possa querer vender um ativo de renda fixa, mas eles são incapazes de encontrar um comprador.

Você pode gerenciar esses riscos diversificando investimentos dentro do seu portfólio de renda fixa.

Como posso investir em renda fixa? Quanto rende?

É possível que um investidor individual compre um único investimento de renda fixa. Mas requer uma quantidade significativa de ativos para construir um portfólio diversificado de títulos individuais. O que torna difícil para os indivíduos comprar e vender muitos tipos de títulos de renda fixa? Requisitos de investimento mínimos, altos custos de transação e falta de liquidez no mercado de títulos.

Mas os indivíduos ainda podem investir em renda fixa por meio de fundos mútuos e troca fundos negociados.

Saiba, no entanto, que o rendimento da renda fixa é baixo em comparação com outros investimentos. Em tempos de economia estável, a renda fixa é menor do que 1% ao mês. Em tempos instáveis, a renda fixa tende a render em torno de 1% ou um pouco mais, mas nada exagerado.

O mais importante na renda fixa é conhecer bem o benchmark, ou seja, a base de rendimento da renda fixa escolhida. Assim, você terá como entender melhor como funciona a renda fixa.

Ficou alguma dúvida da renda fixa? Deixem nos comentários suas perguntas!

Sobre o autor

Autor André M. Coelho

Crédito ou débito? Esta é uma pergunta quase sempre feita ao se pagar com cartão mas é uma questão também comum na vida de muitos brasileiros. Com mais de 300 horas em cursos de finanças, empreendedorismo, entre outros, André formou-se em pedagogia e se especializou em educação financeira. Dá também consultorias financeiras e empresariais quando seus clientes precisam de ajuda e compartilha conhecimentos aqui neste site.

Aviso legal

O conteúdo apresentado no site é apenas informativo com o objetivo de ensinar sobre o funcionamento do mundo financeiro e apresentar ao leitor informações que o ensine a pensar sobre dinheiro. O site Crédito ou Débito não faz recomendações de investimentos e em nenhuma hipótese pode ser responsabilizado por qualquer tipo de resultado financeiro devido a práticas realizadas por seus leitores.

Deixe um comentário